sábado, 7 de julho de 2012

HOMENAGEM AO POETA RONALDO CUNHA LIMA


A PARTIDA DO POETA

 
Como senti poeta a sua partida!
Uma dor tremenda invadiu meu peito;
mesmo sabendo que rondava o leito,
a morte - quimera mor desta vida!

Como senti poeta a despedida

que deixou-nos todos quase sem jeito,
num voo de pássaro, veloz, perfeito...
partiu o gran poeta da Paraíba!...

O que nos consola é seu estandarte,
o legado eterno que foi sua arte,
seguindo viva, por ser obra prima...

Foi-se o poeta no clarão do dia
deixando aqui enorme nostalgia...
Adeus, adeus Ronaldo Cunha Lima!

Antonio Costta


 CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR


























ADEUS, POETA!


Reações:

1 comentários:

Rosangela Colares disse...

Olá poeta!

Uma merecida homenagem.

Abraço poético

Rosangela Colares

HINO OFICIAL DE PILAR- cantado por José Cosmo de Souza

HINO OFICIAL DE PILAR - cantado por Jordânia Borges