domingo, 1 de setembro de 2013

Lideranças rurais de Pilar trabalham para formar leitores entre a juventude camponesa


A zona rural de Pilar foi contemplada com o programa “Arca das Letras” , criado em 2003 pelo MDA – Ministério do Desenvolvimento Agrário para beneficiar diariamente milhares de famílias do campo, formadas por agricultores familiares, assentados da reforma agrária, comunidades de pescadores, remanescentes de quilombos, indígenas e populações ribeirinhas. O programa conta com a instalação de bibliotecas rurais que são montadas nas casas dos agentes de leitura. Os agentes são moradores escolhidos pela própria comunidade, são eles que incentivam a leitura, cuidam do empréstimo dos livros, a ampliação dos acervos e a valorização da cultura local. 


Na zona rural de Pilar, um dos agentes de leitura é Flávia Maria, que também exerce o cargo de Presidente do Conselho Municipal de Agricultura do município. Ela atua no povoado Boa Sorte e no sítio Nossa Senhora da Conceição, divulgando e promovendo a leitura em sua comunidade. Para Flávia Maria, falta interesse por parte dos jovens, que raramente aparecem para folhear os livros. “Tenho muita vontade de promover um grande encontro de leitura com estudantes, agricultores, donas de casa e demais integrantes da comunidade, em prol da divulgação e promoção da leitura”, disse ela.


Outro Agente de Leitura na zona rural de Pilar é Josinaldo Freitas, Presidente da Associação Rural. Ele acha que é preciso uma mudança na política de abrangência do programa e na aplicabilidade das ações estruturais no que diz respeito à confecção dos móveis que servem para acomodar os livros. Segundo Freitas, se algo não for feito, o programa que já vem capenga, devido à falta de usuários e falta de interesse pela leitura, está fadado definitivamente ao insucesso. “Pego sempre livros emprestados e são muito bons”, garante um jovem que mora no perímetro urbano, com raízes no campo. “Tem pra todo gosto, o que falta é o interesse pelo livro”, disse ele, acrescentando que, se depender da boa vontade, da disposição e a perseverança dos agentes de leitura, o programa atingirá o meio rural e formará novos leitores.

Reportagem: Evanio Teixeira

Reações:

0 comentários:

HINO OFICIAL DE PILAR- cantado por José Cosmo de Souza

HINO OFICIAL DE PILAR - cantado por Jordânia Borges