segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

MORRE O EX-PREFEITO DE PILAR HERETIANO COSTA ARAÚJO


Morreu aos 83 anos de idade, na tarde desta segunda-feira, 29 de fevereiro, na cidade de Pilar, vítima de enfarte, o Sr. Heretiano Costa Araújo que foi prefeito da terra de José Lins do Rego, na gestão de 1973 a 1977..  
O ex-prefeito Seu Léo, como era mais conhecido, realizou importantes obras no município, onde a mais importante, segundo a população pilarense, foi a construção do Estádio de Futebol O Vieirão, inaugurado em 1976. Em sua trajetória ele também exerceu os cargos de vereador, secretário da Câmara Municipal e também da Prefeitura.






Ele foi, sem sombras de dúvidas, uma das grandes reservas morais de Pilar. A presença da dignidade moral de Seu Léo fará muita falta ao nosso município, que ultimamente anda escasso desta virtude, principalmente correlação a aqueles que deveriam primar pelo bom exemplo no trato da gestão dos recursos públicos.
Ele também foi um grande desportista, incentivando principalmente a prática do futebol entre a juventude de nossa terra. 






Pilar perde um grande filho que deixou sua marca indelével no coração da cidade com a construção de seu Estádio de futebol. Seu Léo certamente ficará no coração dos pilarenses como um gestor amante de sua terra, que contribuiu com o desenvolvimento do município, e que escolheu Pilar para viver até o último suspiro de sua vida.

Assim expressou-se o jornalista Frutuoso Chaves ao tomar conhecimento da morte de Heretiano Costa: 

“Poucas vezes, alguém terá se identificado tanto com o espírito de sua cidade quanto Heretiano. Impossível pensar no Pilar sem vir à mente, de pronto, a figura impressionante do querido Leo. Um assemelhava-se ao outro, naquilo que tinham de bom, de tranquilo e admirável. Há gente assim: nascida para ser a marca do seu tempo e do seu lugar. Menino, eu já me encantava com sua mansidão e seu comedimento. Nunca me pareceu um homem de gestos bruscos nem largos. Dava-me a impressão de procurar ouvir mais do que falar. E este, sem dúvida, é um dos atributos dos sábios. Com seu desaparecimento Pilar, de um certo modo, faz-se mais pobre. Perdeu sua mais fiel expressão.” 

O corpo de Seu Léo será velado nesta terça-feira na Câmara Municipal de Pilar e o sepultamento será às 16 horas.

Os nossos mais sinceros sentimentos à família enlutada.

(Antonio Costta)

***

Veja o resultado da eleição de Heretiano Costa para prefeito:



domingo, 21 de fevereiro de 2016

PILAR/PB - POPULAÇÃO SOFRE COM HOSPITAL FECHADO


Há exatamente 1(UM) ANO, nosso hospital fechava suas portas tendo como pretexto uma possível reforma que iria ser realizada, fruto de uma emenda parlamentar do Deputado filho da gestora, ao fazer uma visita ao portal da transparência, pude constatar que após um ano, apesar de está em execução o convênio, nenhum centavo sequer dos mais de R$ 499. 000 foram liberados( Convênio N° 821263), ou seja, fecharam a unidade em cima de uma PROMESSA DE REFORMA e não de uma reforma propriamente dita, não tendo ainda os recursos sido liberados para o seu início, fecharam a unidade de forma precipitada, e nada impedirá que após a liberação de fato do convênio, ela em caso de reabertura seja fechada novamente. É triste perceber que a forma que se governa não leva como prioridade o dever institucional, o que se ver realmente, é um gerenciamento em formato empresarial, levando o cidadão a crer que a real justificativa para o fechamento precipitado da unidade hospitalar, não foi propriamente uma "reforma", e sim o corte de gastos. Me afastando um pouco das questões políticas e institucionais, penso que ao menos o lado humano e a necessidade da população mais carente deveria ser observada, foram famílias e pessoas que tiveram que se deslocar para as cidades vizinhas durante 1 ano para serem atendidas em caso de procedimentos mais acentuados que poderiam ser feitos aqui; é lamentável ver que ao menos o serviço básico de primeiros socorros, o município não tem condições de oferecer. 


Um ano que nossa maternidade está fechada, lugar que temos muito carinho, afinal de contas quem de nós ou algum familiar nosso não precisou dos serviços do hospital? Quantos aqui nasceram naquele hospital? Os serviços de nossa maternidade faz muita falta, principalmente pra quem mais precisava dela. Sabemos que com o pleito que se avizinha e informações de fontes ligados a gestão, dando conta de uma possível reabertura brevemente, o que é muito bom, porém, saberemos que caso seja reaberta agora, o serviço voltará a ser oferecido sem a grande reforma prometida, e nada fará que esqueçamos desse episódio ocorrido durante esse um ano, todos queremos a reabertura da unidade, agora o que ninguém admite é esta falta de esclarecimento para com a população. A publicidade e a verdade devem ser máximas, principalmente com um serviço tão essencial como o de saúde, é preciso respeitar o sentimento das pessoas, digo isso, pois sei muito bem o que é você precisar do sistema de saúde deste país. Os entes públicos devem assumir suas responsabilidades, pautando-se com o respeito e a verdade perante a população.

Texto: Landoaldo Filho
Escrito em 26/01/2016

PILAR/PB - FALTA INVESTIMENTO NA CULTURA


Poucas cidades no Brasil têm o potencial turístico/cultural que Pilar tem.

A valorização da nossa cultura é um dos caminhos mais sólidos para a construção de um futuro muito mais promissor para a nossa terra, gerando renda e elevando a autoestima de nosso povo.

Eu não tenho nenhuma dúvida que o apoio ao turismo cultural será um dos principais fatores para o desenvolvimento econômico de nossa querida Pilar - berço de José Lins do Rego.









Infelizmente há pouquíssimo investimento neste sentido. Para se ter uma ideia, fazem quase oito anos que Pilar não tem uma Secretaria de Cultura para fomentar recursos e desenvolver projetos nesta área.

É lamentável.

Texto: Antonio Costta

Conheça o álbum "A Casa de Zé Lins", neste link:

HINO OFICIAL DE PILAR- cantado por José Cosmo de Souza

HINO OFICIAL DE PILAR - cantado por Jordânia Borges